IR: serviço para acompanhar declaração

13 abr

IR: serviço para acompanhar declaração

Receita permite que contribuinte verifique andamento do processo pela internet


Geralda Doca

Os contribuintes que já entregaram a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2011 (ano-base 2010) – oito milhões até a manhã de ontem – podem verificar o andamento do processo pela internet e, eventualmente, fazer a retificação em caso de pendência. Isso evitará que caiam na malha fina e os ajudará a receber a restituição mais rapidamente. Quem se antecipar e regularizar a situação também fica livre do pagamento de multa, em caso de imposto devido. 
A possibilidade de retificar a declaração ainda dentro do prazo de entrega do documento – que termina no dia 29 de abril – está sendo oferecida pela Receita Federal pelo segundo ano consecutivo. Em 2010, o serviço ajudou a retirar da malha fina 280 mil contribuintes, segundo o Fisco. 
São casos de retificação até 29 de abril a inclusão de uma fonte pagadora, a retirada ou a adição de dependentes, a troca de modelo de declaração (simplificada para completa e vice-versa), por exemplo. 
Porém, o contribuinte que tiver uma pendência que demande apresentação de recibos para comprovação de despesas só poderá fazê-lo em janeiro do próximo ano, num posto de atendimento da Receita. 
– Ainda assim, é um avanço. Antes, a declaração ficava presa e o contribuinte tinha que esperar ser intimado pela Receita, o que poderia levar três anos, quatro anos. Agora, é informado sobre o tipo de pendência e pode se antecipar – disse Maria Helena Cardozo, coordenadora de Atendimento e Educação Fiscal. 
Serviço tem quatro milhões de acessos por mês 
Para consultar o processamento da declaração, o contribuinte precisa acessar o site www.receita.fazenda.gov.br e clicar no link e-CAC, centro virtual de atendimento ao contribuinte. É necessário gerar um código de acesso, que vale por dois anos, e para isso é preciso informar o CPF e os números dos recibos das duas últimas declarações (vale o número da retificadora, quando for feita correção). 
Segundo a Receita, já foram gerados 9,662 milhões de códigos, só para pessoa física. São mais de quatro milhões de acesso ao serviço por mês, disse Maria Helena. 
O prazo para entrega da declaração começou em 1º março e a expectativa da Receita é receber neste ano 24 milhões de documentos. Até as 11h de ontem, haviam sido enviadas aos computadores do Fisco 8.034.927 de declarações. Quem não cumprir a obrigação paga multa mínima de R$165,74 e máxima de 20% do valor devido.
Fonte: O Globo

ByConquiste Contabilidade

Atuando na Área de Prestação de Serviços Contábeis, há mais de 20 anos a Conquiste Contabilidade – Assessoria Fiscal e Contábil, conta com uma equipe de profissionais altamente qualificados e sistemas de informatização que, garantem segurança, agilidade e eficácia na administração das obrigações fiscais e na assessoria contábil a seus clientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *