Qual é o seu custo de oportunidade?

6 jun

Qual é o seu custo de oportunidade?

Um texto teórico mas com um viés pessoal. Criado com a intenção de redirecionar o rumo profissional e pessoal através de uma análise crítica pessoal.
Eric Carvalhal Xavier
Desde os tempos mais remotos o homem se depara com alternativas durante o seu cotidiano, e hoje não é diferente. Você pode até não perceber, leitor, mas você toma diversas decisões durante o seu dia. Ficar mais 5 minutos na cama, qual roupa vestir, a dúvida sobre a chuva durante o dia, são questões que resolvemos no automático.
Esse texto nasceu com a ideia de abrir os olhos com relação às decisões que não são tão simplórias quanto as que citei acima, mas que podem mudar o curso da nossa história. Então, neste ensejo, buscarei ser o mais breve e conciso possível.
De acordo com o conceito econômico, custo de oportunidade é o custo de fazermos algo em detrimento de outro. Um exemplo prático é a escolha que um investidor tem de tomar quando possui R$ 50.000,00 disponível para aplicação. Ele tem várias opções, dentre elas as mais comuns são a de deixar na conta poupança ou investir no mercado financeiro, por exemplo. E o que o motiva a escolher uma em detrimento da outra? O custo de oportunidade. Neste momento, eu faço um parêntese para dizer que isso não é regra, a pessoa faz o que bem entender do seu recurso financeiro, mas é bom saber que a teoria econômica existe para nos auxiliar a tomar melhores decisões. 
O que o investidor deve fazer então? O custo de oportunidade entra na história quando ele se questiona: “Eu quero aplicar esse dinheiro, e eu tenho um rendimento de aproximadamente 0,6% ao mês na poupança, onde aplicar então?”. Neste questionamento descobrimos o custo de oportunidade do investidor, ou seja, a poupança é opção mais baixa que ele tem no momento e que só vale a pena, financeiramente falando, tirar o recurso da poupança, se tiver um outro investimento que o remunere acima do 0,6% ao mês da poupança.
Caro leitor, agora que já entendemos a questão matemática, vamos aplicá-la no seu bem mais precioso, em você! Neste momento entraremos na real motivação do texto, a sua carreira. Vejo, e me incluo na lista, que a maioria das pessoas levam de maneira displicente as suas escolhas com relação à sua carreira profissional e sua vida como um todo, não se preocupando com o futuro, deixando a vida o levar. Talvez pondo até culpa no ensino que teve na infância, ou nos pais, ou na cidade que mora, etc. Na verdade essa postura nos leva à um aspecto de fuga da responsabilidade que temos em assumir o peso da decisão de largar a preguiça e buscar a especialização ou mesmo o começo de um projeto. As organizações, hoje, não aceitam desculpas do porquê de não ter atingido o seu resultado.
O que elas querem é o resultado realizado de maneira positiva. E o segredo de resultados sustentáveis é a busca incessante de aperfeiçoamento e a alocação de energia nos objetivos. Uma visão míope de sua meta fará com que você chegue a um resultado distorcido.
Para uma situação que você deseja estar para daqui a 5 anos, você tem de plantar HOJE. Quando você completou os seus 17, 18 ou 19 anos, buscou pensar em como gostaria de estar com 22, 23 e 24 anos? Qual emprego, qual formação, quais projetos encabeçar? E para conseguir alcançar estes, pensou em como iria executá-los?
Meu caro, quais outras alternativas têm pesado na sua escolha? Se a sua resposta não é conclusiva, pense bem e reconsidere tudo.
Qual é o seu custo de oportunidade?
Fonte: Administradores.com.br

ByConquiste Contabilidade

Atuando na Área de Prestação de Serviços Contábeis, há mais de 20 anos a Conquiste Contabilidade – Assessoria Fiscal e Contábil, conta com uma equipe de profissionais altamente qualificados e sistemas de informatização que, garantem segurança, agilidade e eficácia na administração das obrigações fiscais e na assessoria contábil a seus clientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *